20 de abril de 2010

...




Guarulhos, 20 de Abril de 2010


Querida P.
As vezes eu sinto que há um buraco dentro de mim,
um vazio tão grande, que, de vez em quando,
parece até queimar.
Eu acho que se você colocasse o meu coração no ouvido,
provavelmente ouviria o oceano.
E a Lua hoje a noite, tinha um círculo ao seu redor,
sinal de (mais) problemas em breve.
E eu ainda tenho esse sonho de me sentir completo.
De não ir dormir todas as noites apenas desejando,
querendo intensamente...
Mesmo assim, algumas vezes, quando a brisa esta morna,
e os grilos cantam...
Eu sonho com um amor, que faria até mesmo o tempo,
se curvar a ele...
E sonho que ele ainda está por vir.
Eu só queria alguém para ser a testemunha voluntária
da minha existência,
queria ser visto por alguém...

Eu nem sei mais o que eu estou falando, Haha,
talvez eu seja feliz e ainda não saiba,
talvez as coisas aconteçam por algum motivo,
mesmo as ruins...
Eu não quero me conformar com isso mas,
não existe nenhum homem lá, olhando,
retribuindo, pensando...
só aquela lua.

R.

6 comentários:

  1. Querido R...
    Que bom que vc esta bem!rs

    Sinto falta de poder colocar seu coração no ouvido,sem você os filmes de romance não tem a menor graça,o circulo ao redor da lua nem me da medo, e os grilos permanecem mudos,surdos e telepaticos!rs

    ps:Só tenho duas palavras pra lhe dizer:"Meio-tempo". Eu sanduiche de quijo vc!bju ><

    leia: http://www.scribd.com/doc/7015303/Iyanla-Vanzant-Enquanto-o-Amor-Nao-Vem-PDF-Rev

    ResponderExcluir
  2. Talvez vc precise que alguém aqui do chão te veja!ausausausau Lindo poema Beto!

    ResponderExcluir
  3. "As vezes eu sinto que há um buraco dentro de mim,
    um vazio tão grande, que, de vez em quando,
    parece até queimar.
    Eu acho que se você colocasse o meu coração no ouvido,
    provavelmente ouviria o oceano." (...)

    Gente!!!

    Que lindo!

    ResponderExcluir
  4. Como assim ninguém te vê? E eu, não conto? rs
    Tudo bem, Beto. Eu te entendo. Sabe que música esse post me fez lembrar? (Isso mesmo, cada post seu me faz lembrar duma música, que às vezes não tem a menor correspondência temática com o post, mas que, simplesmente, me rememora). Você conhece Time After Time, da lindona da Cindy Lauper? Pois é, coincidentemente eu vi e revi o clipe dessa música umas trocentas vezes ontem. Vai ver que é por isso que lembrei dela também. Mas, enfim, você não acha que o refrão diz alguma coisa?

    "If you're lost, you can look
    And you will find me, time after time
    If you fall, I will catch you
    I'll be waiting, time after time"

    O "me" da música não se refere a mim, obviamente. Pode se referir a tu, ou a ele, ou seja, quem quer que seja o sortudo que deu umas porradas no alien guardado aí no seu coração.
    O que eu quero dizer é que, ainda que a lua lhe sirva de compainha a noite, ela não é a única que consegue lhe ver. Afinal, você é um bruxo, e sua crença certamente engloba o destino. Mais cedo ou mais tarde você vai encontrar aquele que também passou noites e noites olhando para a lua, achando que ninguém o reparava. O tempo não importa, pois, como disse um dos personagens de Avatar - A Lenda de Aang (ou "The Last Airbender", no título original), o tempo é só uma ilusão.
    E não precisa se corformar, é só esperar. Logo, você e a lua vão ter mais compainha. Vai ter alguém velando por você lá em cima a noite, e outra aqui em baixo, protegendo você com armadura e espada, bem do seu lado.

    Forte Abraço!
    Léo ^^

    ResponderExcluir
  5. Puts fala serio..
    Nunca vi alguem transcrever tao perfeitamente sua dor..
    Lindo demais..Parabens..

    ResponderExcluir